Press "Enter" to skip to content

O Mundo em 3 Minutos: Myanmar: crise interna e reação da comunidade internacional

O Barão 0

Desde o último dia 1º de fevereiro, Myanmar tem sido um assunto em foco nos noticiários internacionais. Nessa data, o país sofreu um golpe de Estado instaurado pelo exército, que não reconheceu a legitimidade da vitória da Liga Nacional pela Democracia (LND) nas eleições gerais em 2020.

Ao tomarem o poder, os militares ocuparam o parlamento e declararam estado de emergência pelo prazo de um ano. Ademais, os principais líderes de governo foram presos – entre os quais Aung San Suu Kyi, vencedora do Nobel da Paz em 1991, e o presidente do país, Win Myint -, o acesso à internet e telefonia foi interrompido e os voos ao país, suspensos.

Como reação ao golpe, diversos protestos populares pró-democracia foram iniciados nas principais cidades do país, e a repressão das forças de segurança tem sido intensa. Segundo informações da ONU, ao menos 149 pessoas foram mortas durante as manifestações e mais de 2 mil estão presas arbitrariamente, dentre elas um grande número de jornalistas.

Tais acontecimentos neste país do sudeste asiático geraram preocupação e posicionamentos diversos na comunidade internacional, incluindo declarações e ações de grandes potências, como União Europeia, Estados Unidos e China. Portanto, neste novo episódio de O Mundo em 3 Minutos, convidamos o mestre de Política Internacional Paulo Velasco para explicar todo esse contexto. Assistam abaixo! 

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *