Redação Inglês: como estudar em 50 dias? | CACD 2018

Redação Inglês: como estudar em 50 dias? | CACD 2018

Caros CACDistas,

As provas do CACD 2018 se aproximam, e, neste ano, teremos um calendário atípico. Entre o TPS e as provas de 2a e 3a fases, haverá menos de um mês. Desse jeito, aqueles que almejam a aprovação precisam se programar devidamente. Mesmo os mais veteranos, que podem já ter feito as provas de 2a e 3a fase mais de uma vez, precisam “entrar em forma” o mais rapidamente possível, para que cheguem às provas bem treinados e, ao mesmo tempo, descansados e com a cabeça no lugar – o que é tão importante quanto ter conteúdo.

Deixar tudo para aquele sufoco de última hora não será uma opção. E isso é ainda mais verdade para as provas de línguas, matérias que, como sabemos, não caem bem com aquelas noites mal dormidas, revisando conteúdo loucamente na semana de prova. Para se escrever bem, é preciso estar descansado e atento. Assim sendo, escrevi algumas dicas para quem vai fazer a prova de 2a (e 3a) fase daqui a pouco mais de 60 dias:

.

eng_dica01

Comece a se preparar o quanto antes. Se você já participou das etapas discursivas alguma vez, pegue seus espelhos de prova antigas e compare com o recém-lançado Guia de Estudos. Nada melhor para a preparação do que comparar o que você fez com aquilo que a banca esperava que você fizesse. Depois disso, comece a dedicar pelo menos um terço do seu dia a essas lacunas.

.

eng_dica02

O  CACD são as provas discursivas, e não é à toa que TPS é “teste de pré-seleção”. Com esse calendário de 2018, quem não chegar ao TPS já 80% preparado para as próximas fases dança. Comece já o treino para as provas discursivas, mesmo que sozinho, se necessário. Compare suas respostas com as questões dos guias de estudos. Se puder fazer um curso, melhor. E encha o saco dos professores.

.

eng_dica03

Faça as questões à mão, se possível. Prova é treino, e treino é construção de instinto. O ideal é fazer a prova “sem pensar”; ou seja, você já estudou e treinou tanto que as respostas saem “redondas e automáticas”, sem desespero, como se você estivesse fazendo apenas mais um simulado. Para isso, simule a situação de prova.

.

eng_dica04

O que você não leu até agora ficou, na pior das hipóteses, para o CACD 2019 e, na melhor, para suas férias pré-posse. Agora é hora de revisar. As únicas exceções a essa regra são aqueles dois ou três livros absolutamente fundamentais para o CACD, como “A história das relações internacionais do Brasil”, do Doratioto.

.

eng_dica05

Por fim, tudo isso é válido em dobro para as provas de línguas. Se você ainda está “hesitando” com a sua preparação, a hora de começar é agora. Por mais fluente que você seja em francês ou inglês, é preciso “estar em forma” para a prova, e isso só vem treino.

.

Abraços e boa sorte!


.

Vejam também a série de vídeos com orientações especiais para a realização da prova! 👇

1. Erros comuns e dicas para evitá-los:

.

2. Qual o conteúdo cobrado nas questões?

.

3. Orientações para o dia da prova:


 

Texto do professor:

Imagem do Professor

Rodrigo Armstrong

Graduado em Relações Internacionais pela Tufts University (Estados Unidos) e Mestre em Economia Política Internacional pela Universidade Federal do Rio de Janeiro (UFRJ). Professor de Língua Inglesa nos cursos da área de Diplomacia do Damásio Educacional – Clio.