Por onde começar? – Direito Interno no CACD

Por onde começar? – Direito Interno no CACD

Estimadas e estimados,

No Concurso de Admissão à Carreira de Diplomata (CACD), o Direito Interno (DIR) está presente em duas etapas: na prova objetiva da Primeira Fase e no exame discursivo da Terceira Fase. Em ambas, a disciplina está inserida na mesma prova que o Direito Internacional Público (DIP) compõe. Portanto, é comum haver questões que relacionam os assuntos de DIR e DIP, e é importante ter isso em mente ao montar o plano de estudos para essas matérias.

Em relação ao conteúdo programático, o último edital manteve o padrão praticado nos anos anteriores. Trata-se de um programa de extensão razoável, que se divide em dez temáticas principais e alguns subitens. Vejam a relação abaixo.

1 Normas jurídicas.

1.1 Características básicas.

1.2 Hierarquia.

2 Constituição: conceito, classificações, primado da Constituição, controle de constitucionalidade das leis e dos atos normativos.

3 Fatos e atos jurídicos.

3.1 Elementos, classificação e vícios do ato e do negócio jurídico.

3.2 Personalidade jurídica no Direito Brasileiro.

4 Estado: características, elementos, soberania, formas de Estado, confederação, república e monarquia, sistemas de governo (presidencialista e parlamentarista), estado democrático de direito.

5 Organização dos poderes no Direito Brasileiro.

6 Processo legislativo brasileiro.

7 Princípios, direitos e garantias fundamentais da Constituição Federal de 1988 (CF/1988).

8 Noções de organização do Estado na CF/1988.

8.1 Competências da União, dos Estados membros e dos municípios.

8.2 Características do Distrito Federal.

9 Atividade administrativa do Estado brasileiro: princípios constitucionais da administração pública e dos servidores públicos, controle de legalidade dos atos da Administração.

10 Responsabilidade civil do Estado no direito brasileiro.

Diante de tantos assuntos e informações, a pergunta que todo (a) postulante ao CACD sempre se faz é: qual seria a melhor forma de iniciar os estudos para essa matéria? E quais leituras realizar e que tipos de atividades são mais indicadas para a absorção do conteúdo?

Sendo assim, nosso caríssimo professor de Direito Interno, Ricardo Macau, vem fornecer todas as respostas necessárias. Assistam às explicações a seguir, e anotem as dicas valiosas que o mestre deixou, especialmente em relação à bibliografia, meus caros! 😉

 

Participação especial neste post:

Ricardo Victalino (Macau) – Doutor em Direito do Estado pela Universidade de São Paulo (USP). Professor de Direito Interno e de Direito Internacional Público nos cursos da área de Diplomacia do Damásio Educacional – Clio.

 

 

⬇ VEJA AS ORIENTAÇÕES PARA AS DEMAIS DISCIPLINAS! ⬇

.

Related Posts
Deixe um comentário
What is the capital of Egypt ?